Praticidade na hora de cozinhar: Aprenda algumas técnicas praticas!

A vida moderna trouxe algo que está cada vez mais difícil de gerenciar: o tempo. A vida corrida do trabalho e da escola/faculdade, além de outros compromissos, acaba tornando mais difícil se dedicar as tarefas domésticas, principalmente na hora de cozinhar. Isso acaba fazendo com que as pessoas gastem mais em comidas que não trazem muitos benefícios a saúde.

Por isso, elaboramos esse post para te ajudar na hora de cozinhar, economizando tempo, e, ainda assim, te dando a chance de se alimentar melhor.

Mulher cozinhando – Fonte: Google

Dicas 1: Separe porções unitárias de carnes

Sempre que você tiver um tempo maior na sua rotina, aproveite para temperar uma quantidade considerável de carnes, branca ou vermelha, de preferência que dê para uma semana de consumo (para que a carne não fique na geladeira por muito tempo). Logo após isso, separe porções que sirvam uma pessoa e armazene em pequenos potes ou saquinhos com fecho, assim, servirá para cozinhar para uma ou mais pessoas.

Se a sua geladeira não tiver alta capacidade de refrigeração, o recomendável é guardar os saquinhos com carne no congelador. Na hora de descongelar para consumir, não retire da embalagem para não retirar o tempero.

Dica 2: Separe pequenas porções de temperos

É comum abrirmos a geladeira e vermos temperos, como salsinha, coentro, manjericão, já escurecidos e impróprios para o consumo. Muitas vezes, pela falta de tempo para cortar, esses temperos nem mesmo são colocados na panela. Para evitar o desperdício e a falta de consumo, separe um momento da sua semana com mais disponibilidade para corta-los, separam por porções que duram cerca de uma semana, e armazene em vasilhas. Se preferir, leve ao congelador e retire quando for usar, assim, você preservará por mais tempo esses temperos.

Dica 3: Prepare as folhagens que vão na salada

O procedimento correto a se fazer na hora de temperar saladas que levam alface, rúcula, entre outras folhagens, é lavá-las com água e vinagre e deixar secá-las. No entanto, fazer isso diariamente pode gastar algum tempinho que você não pode ter. Então, faça isso uma única vez na semana com todas as hortaliças que tiver e, após secas, guarde em potes de vidro (não é recomendável usar potes de plástico por acelerarem o amadurecimento). Dessa forma, sempre que precisar, é só pegar um pouco, temperar da forma como preferir e comer.

Dica 4: Tenha utensílios que auxiliam no preparo das refeições

Ralar um repolho com o ralador simples, cortar legumes com a faca, são algumas tarefas na cozinha que podem te roubar mais tempo do que você imagina. Para ter uma economia ainda maior no preparo das refeições, indica-se usar processador de alimentos e outros utensílios que te auxiliem. Até mesmo o ato de lavar a louça pode ser uma economia de tempo (e água) ao utilizar um lava-louças. Atualmente, no mercado, muitos desses objetos para cozinha são encontrados em um preço acessível, por isso vale a pena investir.

Utensílios de cozinha – Fonte: Google

Dica 5: Congele o seu feijão

O feijão é um alimento indispensável para o prato dos brasileiros. Além de fazer parte da nossa cultura culinária, traz muitos nutrientes que beneficiam a saúde.

Apesar disso, muitas vezes, com a correria do dia a dia, deixar o feijão cozinhando na panela de pressão é uma atividade que não entra na lista de prioridades por demandar tempo. Por isso, a dica é cozinhar uma boa quantidade de feijão e separar em porções diárias em vasilhas. Leve ao congelador e, quando for precisar, coloque em outro recipiente com água para acelerar o descongelamento.

Dica 6: Organize sua cozinha

Muitas vezes, a hora de cozinhar se torna mais demorada por não ter todos os utensílios, temperos e ingredientes disponíveis facilmente.

A dica é deixar, principalmente o porta-temperos ao alcance dos olhos e próximo ao fogão. Setorize sua cozinha. Separe uma “área fria” com a pia e a geladeira, entre outros, e uma “área quente”, com fogão, forno, micro-ondas, entre outros. Isso proporcionará um senso de organização na cozinha. Deixe os utensílios de preparo de comida próximas das bancas que você usa para preparar a comida. Mantenha a louça limpa. É algo simples, mas que fará a diferença, evitando, por exemplo, que você procure as facas de cortar carne e não ache por estarem debaixo de uma pilha de pratos.

Deixe as coisas em seus lugares, assim você economiza tempo sempre precisar ficar procurando o que precisa para cozinhar.

Dica 7: Tenha boas panelas

Panelas boas podem sim fazer diferença no tempo de cozimento das comidas. As panelas com tripla camada de fundo aceleram esse processo e ainda conservam o calor dos alimentos por mais tempo, mesmo após desligar o forno.

O mais indicado é ter panelas de aço inox e alumínio em casa, pois não soltam resíduos nos alimentos como as panelas de outros tipos.

Utilize com mais frequência, também, a panela de pressão para cozinhar. Além de acelerar o cozimento, ainda proporciona praticidade ao ser associada a receitas práticas, como, por exemplo, o arroz enriquecido (com batatas, calabresa e cenoura) que demora apenas cinco minutos para ficar pronto. É recomendável ter panelas de pressão de diferentes tamanhos, pois quanto menor ela for, mais rápido a comida ficará pronta.

Dica 8: Faça um cardápio semanal

A última dica pode te economizar muito tempo na hora de pensar no que cozinhar ou não e ainda vai te ajudar a prevenir eventuais problemas de falta de ingredientes ao preparar uma receita.

Ao montar o seu cardápio, você saberá todos os ingredientes que utilizará na semana e, se faltar algum, pode comprar com antecedência. Se você se deparar com a uma situação em que não sabe o que vai cozinhar, comidas não saudáveis acabam tomando espaço na alimentação por serem mais rápidas e práticas.

Por isso, mantenha sempre a cozinha organizada, os utensílios a disposição e o cardápio pré-definido. Assim, você gerencia, de forma eficiente, o seu tempo e ainda mantém uma alimentação mais saudável.

CONFIRA TAMBÉM
Translate »