Como deixar a despensa mais organizada: Dicas valiosas!

A despensa é uma invenção que não surgiu de agora. Desde a Idade da Pedra as pessoas já buscavam ter um local para estocagem e armazenamento dos alimentos. Atravessar o inverno e chegar em um novo período de safra só era possível se houvesse comida guardada, por isso a existência de um lugar para isso era imprescindível. As primeiras despensas iguais as da atualidade, surgiram com a ideia de “cozinha embutida” de Frankfurt, no século XX.

Sejam as despensas no passado ou no presente, a organização delas sempre foi importante. Uma despensa bagunçada pode gerar desperdício, quando os alimentos estão “perdidos” no meio da bagunça, fazendo serem esquecidos por muito tempo e acabem vencendo ou estragando antes do consumo. Além disso, a desordem da despensa atrapalha na localização de todos os ingredientes necessários na hora de cozinhar, o que gera um gasto de tempo desnecessário, e prejudica o gerenciamento de espaço, dando a impressão de que falta lugar para armazenar tudo.

Em geral, as pessoas que cuidam da casa, às vezes, precisam enfrentar jornadas duplas de trabalho e não possuem muito tempo para as tarefas domésticas. Se na hora de cozinhar, a bagunça da despensa atrapalha, o estresse é eminente, tornando difícil uma tarefa tão fácil.

Por isso, elaboramos esse post para ajudar a organizar a despensa da sua casa e ainda te dar mais tempo e disposição de espaço.

Despensa para mantimentos. Fonte: Google

Dica 1: Limpe a sua despensa.

A primeira coisa a se fazer para ter uma despensa organizada é tirar toda a bagunça, fazendo a triagem entre alimentos bons, estragados ou vencidos. Jogue fora aqueles que não servem mais para o consumo e deixe separados aqueles que ainda podem voltar para a despensa, pois antes de colocá-los de volta, é importante fazer uma ótima limpeza do cômodo.

Eventualmente, lugares bagunçados, sobretudo aquele que armazenam comida, atraem bichinhos, por isso é importante uma boa higienização. Para isso, você pode utilizar uma mistura de detergente neutro, álcool e vinagre e aplicar nas superfícies e armários com um pano. Evite produtos químicos fortes, pois podem deixar resíduos que contaminaram os alimentos.

Dica 2: Aumente o espaço de apoio com prateleiras.

Se você sente que a sua despensa falta lugar para apoiar tudo o que você precisa colocar lá dentro – alimentos, potes, panelas, caixas, entre outras coisas – instale prateleiras. Além de oferecer praticidade na organização, você pode usá-las como ponto de decoração, colocando nelas capas protetoras artesanais e tecidos conforme o seu gosto. Hoje em dia, a instalação se prateleiras não exige necessariamente que você fure ou quebre as paredes, há várias alternativas para instalações sem muita sujeira e trabalho, por isso vale a pena pesquisar o que vai compensar mais para você.

Dica 3: Guarde os alimentos em potes etiquetados.

Quando você for colocar os alimentos de volta na despensa, após a limpeza, evite colocar aqueles que estão com o pacote aberto, pois pode trair insetos indesejáveis. Ao invés disso, coloque-os em potes de plástico ou vidro, de preferência transparentes, que favorecerão a visualização dos objetos. Caso seus potes não sejam transparentes, adote a ideia das etiquetas. Além disso, lembre-se de colocar no fundo dos recipientes a validade dos alimentos que está armazenando ali, para evitar que você consuma produtos vencidos. Coloque os potes em uma altura alcançável e diante dos olhos, de preferência, o que vai facilitar na hora de pegá-los para utilizar.

Dica 4: Coloque os rótulos das embalagens para frente.

Os alimentos que você não colocou nos potes e manteve nas embalagens lacradas também devem ser organizados nas prateleiras ou armários. Ao organizá-las, coloque com as embalagens para frente para facilitar na hora de identificar os alimentos que vai precisar. Pode parecer uma dica simples, mas será muito útil em alguns momentos. Lembre-se de colocar os maiores pacotes e frascos atrás e os menores na frente, assim, será melhor a visualização de todos os mantimentos.

Dica 5: Use caixas cestos na despensa.

Muitos alimentos precisam ser guardados por mais tempo ou são vendidos em embalagens muito pequenas, como é o caso dos temperos. Para facilitar o armazenamento desses produtos, o ideal é usar caixas e cestos, em especial, separados por categorias, por exemplo, gelatinas, enlatados, condimentos, entre outros.

Dica 6: Anote os mantimentos que estiverem em falta.

Para quase todo mundo, sempre é uma trabalheira na hora de fazer a lista para ir ao supermercado comprar o que está faltando em casa. Muitas vezes, algum item acaba sendo esquecido. Então, para evitar esse tipo de situação, escreva em um bloco de notas os mantimentos que forem acabando ao longo do tempo e, quando houver a necessidade de repor a despensa, você já estará com a lista pronta, não correndo o risco de esquecer ou comprar algo a mais.

Dica 7: Preocupe-se em manter a limpeza.

A limpeza constante da despensa é indispensável para manter a organização. Sempre que os potes esvaziarem e não houver a necessidade de utilizá-lo naquele momento, lave-os e deixo-os na despensa mesmo assim, pois quando você fizer as compras do mês, seus potes já estarão prontos para receber os novos mantimentos e vai te livrar de uma preocupação a menos.

Além disso, mantenha os armários arejados e as prateleiras limpas, evitando que traças comecem a se proliferar na despensa. Caso note o surgimento esses bichinhos, limpe toda a dispensa, seja os armários e prateleiras, sejam as caixas e potes, com vinagre e água morna, lembrando de aplicar uma camada de álcool em gel logo em seguida.

Dica 8: Fique atento a umidade e calor.

Tanto a umidade excessiva quanto o calor excessivo, são fatores que contribuem para que os alimentos se estraguem, então, na hora de escolher o local de instalação de armários e prateleiras da despensa, evite locais muito úmidos ou perto de fontes de calor, como o fogão, por exemplo. Gerencie a disposição dos mantimentos para favorecer a conservação por mais tempo.

Conclusão

Para se ter uma despensa organizada e prática, não é necessário dinheiro para investir em grandes estruturas, bastante seguir dicas simples que vão deixar o espaço mais acessível e fácil na hora de encontrar alimentos para cozinhar.

Gostou do post? Não se esqueça de comentar o que achou!

CONFIRA TAMBÉM
Translate »